Cinema

Zoe Saldana está orgulhosa da Disney por reintegrar James Gunn em “Guardiões da Galáxia, vol. 3”

Zoe Saldana está emocionada por ter James Gunn de volta a bordo para “Guardiões da Galáxia, vol. 3.”

A Disney reintegrou o diretor, que foi demitido da franquia da Marvel por tweets ofensivos, em meados de março.

Zoe Saldana (Gamora), Chris Pratt (Peter Quill) e James Gunn/Foto: Chuck Zlotnick

O estúdio havia demitido Gunn em julho do ano passado quando tweets controversos de quase uma década atrás ressurgiram. Os quase dez tweets, que diziam ser piadas, faziam pouco caso de pedofilia e estupro. Depois de uma série de reuniões, e sem substituição a bordo para dirigir o terceiro “Guardiões da Galáxia”, o estúdio tomou a decisão de recontratar Gunn no mês passado.

“Estou muito empolgada e orgulho-me de Bob Iger e Alan Horn por terem aumentado e decidido reintegrar James Gunn”, disse Saldana à Variety na manhã de domingo na estréia em Nova York de seu próximo filme de animação “Missing Link”, no qual ela faz parte do elenco de voz, incluindo Hugh Jackman, Zach Galifianakis e Timothy Olyphant.

“Acho que o assunto da redenção é um tema que não estávamos prontos para discutir em 2018 porque era importante que as mulheres também se esforcem para tornar os locais de trabalho mais éticos e mais profissionais. Não apenas para as mulheres, mas para os homens também ”, disse Saldana.

“Mas deixando esse espaço para a redenção, para o erro e, em seguida, avançando com tanta humildade e dizendo: ‘Nós agimos impulsivamente e vamos corrigir isso’, a Disney é uma grande entidade e eles fazem conteúdo para o público mais jovem. Você está enviando uma mensagem forte para as crianças, e eu as elogio por isso.”


Fundador e redator do Geek of Nerd. 26 anos. Técnico em informática. Leitor de quadrinhos, fã de cinema, séries e do Cavaleiro das Trevas.